E-commerce na América Latina – Cenário atual e oportunidades

07/Feb/2018
5 min
Latin America in Ecommerce

Pode ter certeza, não é a toa que algumas das mais importantes plataformas de e-commerce e soluções de varejo do mundo estão de olho no mercado da América Latina. Vemos hoje inúmeros players globais que nunca estiveram presentes fisicamente na região, chegando com seus escritórios e certamente com ótimas expectativas. Isso dá crédito aos investimentos e chancela a estratégia da VTEX de desenvolver a região ao longo dos últimos 6 anos com muito sucesso!

Apesar de movimentos de mercado serem indicadores ainda mais importantes que os números, alguns dados são importantes para contextualizar o cenário atual: Segundo o relatório “We are Social” da Hootsuite de janeiro de 2018, a região das Américas teve crescimento de 9% de usuários ativos de mobile, 8% de acréscimo de usuários em redes sociais e 3% de usuários de Internet.

A Global Ecommerce Association (GEA) traz a informação de que o e-commerce na América do Sul teve um crescimento médio de 16,5% em 2017, uma das regiões que mais evoluiu no mundo se considerarmos também questões socioeconômicas. América do Sul ficou um pouco abaixo da Ásia (20%) e surpreendentemente abaixo da Europa (19%). México, segundo o estudo “We are Social” teve incremento de 19%.

Vamos um pouco além dos números e de movimentos do mercado. Segundo Daniela Jurado, Sócia da VTEX e Head do programa global de Reseller, “o mercado da América Latina ainda vai evoluir muito! Não porque naturalmente parte das compras migrará para o e-commerce e para o ambiente digital por sermos cada vez mais omnichannel . O crescimento real vai ocorrer porque existe um gap de conhecimento oriundo de profissionais e empresas especializadas que precisa e será preenchido”. Queremos ajudar você, VTEX Partner, a ser determinante para esse movimento de crescimento!

Uma língua, muitos países

Estando a frente do time Reseller para LATAM, Daniela Jurado acompanhou realidades diferentes dentro da América Latina. Apesar de apresentarem um mesmo idioma, que possibilita relações comerciais mais fáceis, há diferenças substanciais entre os países.

Por exemplo, segundo Daniela, “O México, é um país com grande população, enorme potencial varejista e o mais próximo ao líder mundial de e-commerce (Estados Unidos), porém tem dificuldades locais que ainda fazem com que o comércio eletrônico não tenha decolado e tenha todo seu potencial explorado. Acredito que isso deva ocorrer nos próximos 2 anos, com melhoria nos processos de anti fraude, pagamento e de logística. A tecnologia que facilite a integração via APIs de diversos serviços que ainda estão por surgir sairá na frente.”

Países como Chile e Peru, que têm interessantes mercados, agora estão abrindo mais suas portas para soluções SaaS como a VTEX. Onde antes só se viam soluções on premises ou open source, agora os players buscam soluções que acompanhem a evolução de seus negócios na mesma velocidade em que o mercado demanda e com menor custo, substituindo o  desenvolvimento próprio. O foco volta para as estratégias do negócio e não mais para a tecnologia.

É uma mudança de mindset que aos poucos ocorre no Peru e no Chile e que já é realidade em países como o Brasil, Argentina e Colômbia, nos quais já atuamos. Com isso, os dois países se tornaram alvos de esforços ainda maiores da VTEX com novos parceiros e com o time reseller preparado para atuar. É amigos, “♪ cambia, todo cambia… ♪” como dizia Mercedes Sosa.

Jurado ainda destaca “Me surpreenderam países como o Paraguai, onde hoje já temos inclusive um cliente marketplace e o Equador, de onde recebemos tantos leads quanto de regiões que naturalmente acabam sendo maiores como o México. Também este ano vamos acompanhar o Instituto latinoamericano de comercio electrónico a países da América Central como a Guatemala, República Dominicana e Costa Rica. O simples fato de o principal órgão de e-commerce da América Latina realizar eventos por lá já nos diz que há oportunidades de negócios.”

Seu papel na América Latina

Nesse período de 6 anos a VTEX se desenvolveu e se estruturou na região, atuando em toda a América Latina e conquistando importantes clientes. Quando olhamos para plataformas enterprise no modelo SaaS, em alguns países como Colômbia e Argentina, a VTEX já possui mais de 50% de market share. Os resultados que temos até hoje certamente só ocorreram porque temos importantes parceiros que conquistamos ao longo desse período e hoje atuam vendendo, entregando e mantendo projetos, além de darem suporte a esses clientes.

“Quando começamos a atuar na América Latina, encontramos poucos, porém excelentes parceiros que já viam o mercado de e-commerce como oportunidade de negócio e como o futuro das transações comerciais. A grande maioria desses parceiros que conquistamos no início de nossa incursão ainda hoje se destacam dentro de nosso programa VTEX Partner” afirma Jurado. Isso ocorre porque essas agências entenderam que seu papel não é apenas o de entregar projetos. Precisam evangelizar o mercado! 

Se você atua ou pretende atuar em países da região, precisa estar ciente de que estamos engatinhando quando falamos do futuro de nosso  varejo e de sua  maturidade. Pense que se você, que atua com tecnologia e internet, ainda sente que a velocidade das novidades é grande, imagine um varejista tradicional que, por enquanto, só entende de seu antigo negócio de “comprar e vender”. Ele certamente ficará completamente perdido ao encarar o e-commerce como possibilidade de negócio e dará muitos passos errados se não for bem assessorado. Dê a ele uma primeira dica: fale para ele ler o Blog da VTEX.

Posicionar-se como consultor nesses momentos será fundamental não só para ganhar novos clientes, mas para fazê-los crescer sadios no e-commerce! Paciência, resiliência e conhecimento de e-commerce serão fundamentais para que a cultura dos negócios possam se desenvolver. Não será do dia para a noite, mas ocorrerá! Sabemos que clientes bem atendidos por parceiros da VTEX mantêm contratos de manutenção com suas agências e faturamentos recorrentes são necessários para que seu negócio consiga trabalhar com segurança no desenvolvimento de novos projetos, tendo a visão de seu forecast.

A VTEX como parceiro de tecnologia

Além do próprio conhecimento da agência, ter uma tecnologia parceira que permita atender as principais necessidades e “escalar” junto com o negócio de seus clientes é fundamental para o sucesso. Nisso a VTEX sabe que se diferencia muito. Além das vantagens de ser SaaS multitenant, ser totalmente personalizável no frontend e ter recursos que todos sabem que aumentam os principais KPIs, como o Smartcheckout, nossa plataforma permite que o cliente tenha outras funcionalidades que podem ser importantes para empresas da América latina.

A possibilidade de trabalhar com cross border é uma realidade para muitas marcas da região. Ter uma base de distribuição e entrega para outras regiões é uma possibilidade, assim como ter vários CDs espalhados pela América. Nosso módulo logistics permite a criação de múltiplos centros de distribuição, docas e estoques. Mesmo que não seja nesse modelo, a possibilidade de trabalhar multilingue e multi moeda é fundamental!

Outro recurso importante é que nativamente qualquer lojista VTEX pode se tornar marketplace, ou seja, pode vender produtos de outras lojas. Pegue o exemplo da Tiendas Supervielle, um marketplace de um grupo financeiro sem produtos próprios. Como um adendo a isso, qualquer loja pode negociar e ser seller de outra loja VTEX sem necessidade de integração alguma! Estes são apenas alguns exemplos importantes de como a VTEX pode ajudar seus clientes.

Cases de sucesso – Clientes e Agências

Empresas como Walmart e Frávega já entenderam que a VTEX é a escolha certa para seus negócios e hoje já atuam vendendo produtos de outras empresas na Argentina no modelo de marketplace. “No último Cyber Monday, mais de 30% das vendas da Frávega tiveram como escolha de frete a retirada em loja, recurso mais conhecido como pick-up store” informa Daniela Jurado. Nossa tecnologia permite isso através de features de omnichannel, que são o futuro do varejo mundial.

Outro case interessante que atua com a VTEX é a Sony, que ganhamos de uma concorrência importante e que trabalha e confia em nossa tecnologia para atuar em 7 países! No mesmo processo de expansão global de e-commerce com VTEX está a Totto, cliente colombiano que já nos levou  para 9 países, dentre eles Reino Unido, no qual ainda não tínhamos clientes.

É importante lembrar que estes resultados e cases só acontecem porque temos importantes parceiros atuando junto conosco. Entre países de LatAm, é comum que agências de um país atendam clientes localizados em outro, como a Fizzmod da Argentina, que atende a Mosca, papelaria do Uruguai. Hoje também ocorre de que agências de outros mercados, como o Brasil, se tornem parceiros (produtoras) de agências locais ou mesmo seus concorrentes.

Nos últimos anos, agências do Brasil como a Bluefoot já atuaram em alguns projetos internacionais. A Agência Profite, assim como a agência Quatro Digital também já entregaram projetos na América Latina e são apenas alguns exemplos. Daniela Jurado acrescenta “é um movimento natural que esperamos que tenha fluxos inversos e paralelos por todo o mundo! Os parceiros VTEX  podem e devem atuar globalmente e terão nosso apoio!

Você, agência, seja de onde for, que tal conquistar o resto da América e o mundo conosco?
Confiamos em você! Conte com nosso time VTEX Partner!

Dúvidas? Fale conosco no partner@vtex.com

Comentários